Marina Silva
REDE
<< Voltar

“Eu e Marina firmamos um compromisso pelo Nordeste”, diz Eduardo

Publicado em

Em visita à cidade de Arapiraca (AL), na manhã desta sexta-feira, 8 de agosto, o candidato à Presidência pela Coligação Unidos pelo Brasil, Eduardo Campos reiterou seu compromisso de investir no desenvolvimento do Nordeste brasileiro. Em discurso para empresários e a população local, Eduardo lembrou de suas raízes nordestinas.

“Aqui me sinto em casa e quero deixar a mensagem de que eu e Marina firmamos um compromisso com o crescimento do Nordeste e do Brasil, que não aguenta mais ficar parado, com a inflação voltando e o desemprego batendo de novo na porta das casas dos brasileiros”, falou.

Eduardo citou o atual cenário da agricultura familiar no agreste brasileiro, que sofre com a falta de políticas públicas que permitam o investimento dos pequenos e médios produtores. “A região de Alagoas é igual ao agreste de Pernambuco, onde pequenos agricultores estão assombrados com cobranças judiciais que vêm de um governo que não percebeu que vivemos três anos da mais dura estiagem dos últimos 50 anos no Brasil”, ressaltou.

Em seu pronunciamento, Eduardo rebateu boatos e reiterou que manterá o programa Bolsa Família como uma conquista da população brasileira. “O Bolsa Família foi uma conquista da época em que eu era Ministro da Ciência e Tecnologia. Ninguém vai mexer nisso, porque é um direito dos mais pobres. Precisamos ampliar o programa, e atingir a milhões de nordestinos que se cadastraram nas prefeituras, estão há meses esperando e o benefício não é liberado”, destacou. O presidenciável criticou a falta de ações pela região do atual governo.

“O que a gente vê são erros cometidos no setor elétrico, falta energia no Nordeste e há um péssimo serviço das companhias elétricas. A presidenta Dilma botou na gaveta dois aumentos, da gasolina e da energia. O PSDB e PT já governam há 20 anos, é preciso colocar gente que entende de governar”, completou.

Eduardo destacou os resultados de seu governo em Pernambuco. “Ganhei a primeira eleição com 65% dos votos, depois de começar com 4%, porque falei com compromisso. Entreguei um Estado que venceu a violência, fez escola técnica e ensino integral estadual mais do que São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais juntos, além do maior investimento na rede estadual de saúde, com dez novos hospitais, serviços de especialidades no interior do Estado.

Por fim, promovi a maior transformação na indústria pernambucana, atraindo fábricas de automóveis e estaleiros. Fui reeleito com mais de 80% dos votos e agora, quero olhar o Brasil do Nordeste que conheço, para fazer pela região o que a presidenta devia ter feito e não fez”.

Pesquisa IBOPE – Em entrevista à imprensa, o presidenciável comentou sobre os resultados apontados pela mais recente pesquisa IBOPE, divulgada nesta quinta-feira, 7 de agosto, que aponta Eduardo com 9% dos votos, um ponto percentual acima do levantamento anterior. “A campanha está começando e somente 30% da população me conhece. Quando começar o horário eleitoral na televisão, chegaremos a um grau de conhecimento perto do dobro ou triplo do atual, e teremos uma mudança efetiva nas próximas pesquisas”, comentou.

Eduardo passou a manhã desta sexta-feira, 8 de agosto, em compromissos na cidade alagoana de Arapiraca. Do Campo de Pouso da cidade, Eduardo encaminhou-se para o Clube dos Fumicultores, em carreata, onde participou de diálogo com empresários, comerciantes e agricultores da região. Na sequência, conversou com a juventude local e seguiu para a visita à Estação “Coragem pra Mudar o Brasil”.

A manhã foi concluída com a inauguração de mais uma Casa de Eduardo e Marina, no bairro de Manoel Teles, na periferia de Arapiraca. À tarde, Eduardo seguiu para Garanhuns, onde faz carreata pela cidade.

Comentários

<< Voltar