Marina Silva
REDE

Nota de esclarecimento – Resposta a coluna da Istoé

É importante esclarecer publicamente as acusações  feitas na coluna Brasil Confidencial da Istoé acerca de meus posicionamentos e da REDE.

  1. Respeito o trabalho dos que fazem pesquisas de opinião e sei de sua importância, mas são apenas um registro de um determinado momento político. Por isso mesmo, não são elas que determinam minhas decisões.
  2. Essa tentativa de classificar a REDE, como se fosse linha auxiliar de outras forças políticas é uma artimanha usada por nossos adversários com o objetivo de enfraquecer o posicionamento crítico e independente do partido; exatamente, por se colocar fora da polarização política e ideológica tão corrosiva para a democracia no país;
  3. Junto com a bancada e os dirigentes da REDE, seguimos firmes no propósito de atualização da política e de construir uma transição para um modelo de desenvolvimento sustentável no Brasil. A REDE é o único partido que defende peremptoriamente a operação Lava-Jato. Isso demonstra o distanciamento que temos com as outras forças políticas;
  4. Tenho falado reiteradamente em entrevistas, quando perguntada sobre a procura de membros do Judiciário para composição de chapa, que essas conversas não existiram. Ainda estou em processo de decisão sobre minha candidatura. Meu encontro com os ex-ministros Joaquim Barbosa e Carlos Ayres Britto aconteceu quando houve a recusa do senador Renan Calheiros em receber um oficial de justiça após decisão do STF;
  5. Nós da REDE seguiremos na luta para combater as práticas abusivas e corrosivas que tanto vem prejudicando nossas instituições e fragilizam nossa democracia.

Comentários

Conteúdo relacionado:


"A maior crise que enfrentamos é de valores e a vitrine onde se ...

+ Leia Mais

Prevaleceu o autoindulto privilegiado diz Marina

+ Leia Mais

Artigo ANDI: Proteção da Amazônia “pra gringo ver”

+ Leia Mais

Continue navegando: