Vai governar com os melhores

Marina defende uma nova governabilidade, reunindo os melhores quadros da sociedade – das empresas, da academia, do terceiro setor e dos movimentos sociais – e dos diferentes partidos dispostos a trabalhar pelo país. O presidencialismo de coalizão precisa ser substituído com urgência por um presidencialismo de proposição, em que o programa de governo seja um contrato de trabalho assinado pelos candidatos com a sociedade e a relação com o parlamento seja garantida com base em princípios republicanos.

  • A composição do governo será feita com base em critérios de competência e idoneidade. Para ocupar uma vaga pública o candidato ao posto precisa ter currículo e capacidade comprovada. Todos os currículos dos contratados pelo Estado estarão publicados.
  • O diálogo com o Congresso será feito a partir de uma programa de interesse público com absoluta transparência.
  • Aplicaremos a exigência de ficha limpa para ocupação de cargos no serviço público.
  • Tecnologias como big data, blockchain e inteligência artificial serão incorporadas pela gestão pública, contribuindo para o combate à corrupção, assim uma empresa que perdeu uma concorrência poderá fiscalizar a que ganhou. Transparência total em cada licitação e cada prestação de contas.