Recebeu o maior prêmio ambiental da ONU

Marina Silva recebeu em 2007 o maior prêmio da Organização das Nações Unidas (ONU) na área ambiental, o “Champions of the Earth”. A premiação foi em reconhecimento de seu trabalho em favor da preservação da floresta amazônica e da valorização das comunidades locais e tradicionais.

Na ocasião, a ONU elogiou a dedicação de Marina na defesa das questões ambientais. A ONU considerou “extraordinária” a contribuição de Marina como titular do Ministério do Meio Ambiente por liderar a proteção da Amazônica e reduzir, a nível recorde, a taxa de desmatamento na região. “Sua crença de que o sucesso da luta para salvar a vida sobre a Terra exige que princípios estejam à frente de nossos esforços fez com que fosse merecedora do prêmio Champions of the Earth 2007”, escreveu na época o diretor-executivo do PNUMA, Achim Steiner.

Entre 2003 e 2006, Marina inaugurou um novo modelo de gestão ambiental no governo federal, cujo princípio básico era o envolvimento efetivo de diferentes setores de governo e da sociedade na busca de soluções para problemas socioambientais. Marina Silva conseguiu consolidar várias propostas da sociedade civil em novos instrumentos de política ambiental, como o Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia e a Política Nacional para o Desenvolvimento Sustentável das Comunidades Tradicionais, que abrangia todos os biomas brasileiros.